objetos

“Os objetos de Gab Marcondes nos convidam a perceber que todo objeto já pode trazer em si mesmo uma escrita, como se os objetos fossem eles mesmos letras, sílabas: objeto-sentido, objeto-frase, palavra -objeto (…) Brincar de descobrir a escrita dos objetos, deixar-se tridimensionalizar o que é significado. Fazer com que o objeto fale a poesia. A objetificação dos significados nos joga na cara a poesia que quer se expressar.” Marcus Reis

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s